Monday, September 28, 2009

A verdade inconveniente...





3 comments:

Silent Bob said...

Foram esmiuçadas mas com desonestidade intelectual, comparando alhos com bugalhos.

Se esmiuçasse as votações como deve ser, teria visto que nas europeias (que não são legislativas...) o BE teve 381.634 votos.

Nas legislativas teve 557.109 votos.

Penso que é clara a diferença, excepto para quem quer tapar os sol com a peneira...

Eddie Felson said...

Mas caro Silent Bob, isso resulta do facto de a abstenção ter sido agora muito menor. A votação de 381.634 votos das europeias representaria apenas um resultado à volta dos 5% nas legislativas. A verdade é que o bloco desceu percentualmente e ninguém esperaria um resultado abaixo dos 12%. Os seus 9,85% impedem-no de ser um factor decisivo em termos de parlamento. Esse resultado é ainda mais esbatido pelo facto de o CDS ter sido a 3ª força política mais votada. Na minha opinião o Bloco foi vitima das políticas que defende. Votar Bloco pode ser "moda" mas ninguém quer Portugal fora da Nato ou o regresso às privatizações. Quando se lê o programa do Bloco rapidamente se percebe que ele pouco ou nada tem de moderno. Antes pelo contrário.

draco said...

Pois é..., esta votação demonstra claramente na hora da verdade ninguem quer ver o Bloco a (des)governar Portugal.