Monday, September 15, 2008

Os efeitos do 11 de Setembro!

Bom artigo do Henrique Monteiro no expresso deste fim-de-semana sobre as consequências do 11 de Setembro, do qual saliento os seguintes parágrafos:
"A vantagem moral dos Estados Unidos esfumou-se em Guantánamo, em Abu Ghraib, em alianças espúrias no mundo islâmico e na incompreensão de que potências como a Rússia e a China podem ser reais aliados na guerra ao terrorismo (que saudades de Churchill quando ele, ao defender a URSS, afirmava: "Se Hitler invadisse o Inferno eu apoiaria o Diabo").
Mas a Europa, que poderia contribuir para serenar os ânimos exaltados da Administração Bush, preferiu um caminho diferente. Digamos que o exemplo mais trágico desse caminho o deu a Espanha quando, na sequência dos atentados em Madrid, decidiu abandonar o Iraque - belo sinal para o inimigo terrorista de que, afinal, a guerra é com 'eles', os americanos (...)
A crítica a uma guerra que parece interminável, que custa mortos e feridos e onde reina a confusão, é fácil. O que eu nunca percebi na crítica extremada às intervenções no Afeganistão e no Iraque é o que deveríamos ter feito em alternativa, na sequência dos ataques às torres gémeas. Nada?
Sete anos depois, não sabemos a que ponto recuou o terrorismo. Mas sabemos que houve mais atentados e que eles não terminaram. Que a estupidez não compensa, comprova-o Bush. Que o medo também não, vê-se na Europa. Talvez por isso, nós, europeus, olhemos para as eleições americanas como se elas fossem deste lado do mar.

6 comments:

O Inimputável said...
This comment has been removed by the author.
O Inimputável said...

«...que a estupidez não compensa comprova-o Bush». Começo a ficar uma bocado farto deste estereótipo: bater em Bush é prova de inteligência e superioridade moral. É verdade que cometeu erros e foi de facto longe demais com a luta contra o terrorismo (Guantánamo e os voos da CIA são exemplo disso) mas qual foi o presidente que não cometeu erros? Responderão alguns...Fidel, Chávez...

D.P.V said...

não concordo nada, Bush foi sem duvida a coisa mais incrivel que aconteceu ao mundo nos ultimos anos, e a prova está ai,tanta guerra tanta estupidez em nome do lobby do petroleo e acaba o mandato com o pais num buraco sem fim, o pior desde 1929, e com a pseudo guerra contra o terrorismo longe!!! de acabar.Que raio e que ele tem para mostrar em 10anos de mandato? milhares de mortos quer americanos quer civis estrangeiros(estes são centenas de milhares) em guerras sem justificação(ainda nao encontraram as famosas armas quimicas) a economia americana de rastos, isto não e culpa dele quem não sabe não mexe e esta cavalgadura percebe menos de economia do que eu, e um buraco nas finanças publicas americanas maior que o buraco no cérebro dele.
Conseguiu ainda ser ultrapassado pela china e pela india, deixou Putin e a russia crescerem a um ponto tal que neste momento a liderança americana em termos económicos e militares, que era incotestada há 10 anos, está seriamente, senão irremediavelmente, ameaçada.
Bush? fuck off!!!

Viriato said...

DPV,

Concordo contigo em parte, mas convenhamos não é necessário utilizar esse tipo de linguagem!

Acrescento que mais do que o Bush, quem mais contribuiu para o estado das coisas foram o dick cheeney e o Donald rumesfeld! Bem como os esquerditas, convertidos tardiamente, chamados de neocon!!

Amigo inimputável,

O sr. Bush só tem uma coisa de bom: é pró-vida e contra o casamento dos gays! Quanto ao resto, por falta de massa cinzenta foi muito mal influenciado, nomeadamente pelos senhores que atrás referi. O único com bom senso daquela adminstração, o General colin Powell, foi afastado. É verdade que ele nestes últimos anos do seu mandato tem procurado dar a mão à palmatória, com a mudança de estratégia no iraque - bem planeada pelo general patreaus - e com o novo secretário da defesa Gates. Enfim,não é por acaso que o Mccain foge como o diabo da cruz de qualquer comparação com o sr. BUsh!
Mais digo, se não fosse o Mccain qu é um republicanao realista e moderado e o candidato fosse um neocon ou da ala conservadora dos republicanos, com ideias messianicas para o mundo, eu não o apoiaria de certeza!

D.P.V said...

mea culpa retiro o fuck off do fim do comentario mas o resto nao mudo nem uma virgula.
Estou totalmente contra o mccain tambem, aquilo é mais do mesmo, nem a miss alasca caçadora de alces vale alguma coisa.Do outro lado o obama com aquele discurso martin lutheriano do i have a dream so convence mesmo os burros dos americanos. Dias negros naquelas paragens......

Viriato said...

O teu problema não é o Mcain ou o Obama, mas sim os americanos em si! Tu não gostas deles, ponto final!