Thursday, March 26, 2009

Quando percebemos que estamos a ficar velhos...



A dada altura no mesmo filme ouve-se uma versão "chill-out" de uma música familiar.

Dei por mim a ser a única pessoa na sala a trautear "Come as you are!" dos Nirvana.

5 comments:

D.P.V said...

simplesmente um dos melhores albuns que eu já ouvi, nevermind dos nirvana.
Os putos hoje em dia nao sabem quem foram estes visionarios do grunge, nao curtiram ao som do "come as you are", nem arranjaram miudas ao som do "jesus dont want me for a sunbean".Nao sofreram a desilusao da suicidio do magico Kurt Cobain, pior, nem sabem que ele foi!
Grande banda!!
ps:a Kathleen Turner era bem boa,parte o coraçao ve-la agora sem duvida.

Anonymous said...

Remexido se aqui estivesse o teu amigo Juíz Implacável diria, remexido tás mesmo velho será que ainda o pões de pé?

Remexido said...

A pessoa que escreveu o comentário anterior é triste em tantos aspectos.

Só se pode sentir pena, por várias coisas, mas sobretudo pelo nível infantil da mente.

Eddie Felson said...

Olha eu estou neste momento de ipod em punho a ouvir o Versus dos Pearl Jam...

E atenção que o Ten foi reeditado esta semana, incluindo o inédito unplugged gravado para a MTV, salvo erro em 1993.

Em Junho, no Oeiras Alive, vivas ao Chris Cornell, ex Soundgarden...

Daniela Major said...

Hum....eu tenho 16 anos e trauteio o Come as you are..especialmente nas aulas :D